Mundo Cão

Foram encontrados 168 resultados na busca por "crime"
Página 1 de 17 página(s) / Mostrando de 1-10 resultado(s)

   

Irmãos canibais são acusados de comerem criança

Irmãos canibais são acusados de comerem criança Reprodução

Dois irmãos paquistaneses, que já tinham sido presos por atos ligados a canibalismo, comeram uma criança, cuja cabeça foi encontrada na casa deles, no centro do país. Um dos irmãos foi preso pela polícia, mas o outro conseguiu fugir. "É a história mais horrível que já vi em toda minha carreira", disse um agente de polícia local.

"Moradores informaram a polícia após um cheiro ruim emanar da casa dos irmãos. Entramos na casa na segunda-feira de manhã e encontramos o que parece ser o crânio de um menino", disseram as autoridades. Mohammad Arif, de 35 anos, e seu irmão Mohammad Farman, de 30, moradores da pequena cidade de Darya Khan, foram libertados em 2013 após cumprirem dois anos de pena por "desumanização", após desenterrarem corpos e comerem parte deles. No Paquistão, canibalismo não é crime.

Palavras-chave: canibalismo

hora do post 05h52min » Comentar » Comentários (0)

Homem arranca orgão genital de catador, frita o coração dele e come

Com requintes de crueldade, um crime abalou a pequena praia de Quintão, no Litoral Norte gaúcho. João Tressoldi, de 60 anos, foi encontrado morto dentro de uma casa, na Rua Uruguaiana, no centro do balneário, na manhã da quinta-feira. Morto a facadas, o catador teve o órgão genital cortado e o coração arrancado. O corpo foi achado por volta das 8h30min da quinta-feira passada. Érico Hermes Luis, de 38 anos, confessou o homicídio após ser preso ao tentar fugir em direção a Mostardas, ao lado de Palmares do Sul.
 
"Ele estava de bicicleta com a companheira e deu detalhes do crime. Na delegacia, falou que havia comido o orgão genital da vítima e comido frito", afirma o delegado Gustavo Brentano, titular da 1ª Delegacia de Osório.
 
Conforme depoimento do acusado e de sua companheira, a motivação para o assassinato foi vingança. Luís contou que os três estavam assistindo uma partida de futebol na TV e bebendo. Quando as bebidas acabaram, Luís teria saído para buscar mais. Nesse intervalo de tempo, Tressoli teria tentado abusar sexualmente da mulher. Quando voltou, Luís afirma ter flagrado a tentativa de estupro e entrou em discussão com a vítima. Ao todo, foram identificadas na vítima oito perfurações e quatro cortes no pescoço, além de pancadas na cabeça.
 
Acusado estaria foragido
O delegado informou, ainda, que Érico Luís tem um vasto histórico de crimes. Nascido em Mangueirinha, no Paraná, ele matou um homem a pauladas na aldeia paranaense de Palmas, em 2010. Anteriormente, esfaqueou dois homens e fugiu de uma cadeia local. Em 2012, outro episódio marcante, também no Paraná: foi preso após roubar uma fazenda e, ao conseguir forçar uma capotagem com uma viatura que o levava de uma cidade a outra, escapou a pé pela estrada. Sua prisão preventiva havia sido solicitada desde 28 de dezembro do ano passado. Como era procurado, acabou fugindo para a pacata praia de Quintão, onde estava foragido.Ele iniciou cedo no crime. Já cometeu outro homicídio em Mato Grosso e cumpriu cerca de 15 anos de prisão no Paraná.
 
Bretano diz que, até no máximo quarta-feira, sai o pedido de prisão preventiva de Luís, que foi encaminhado para o presídio de Osório (RS).

A Crítica / Terra

Palavras-chave: violencia , coração

hora do post 05h49min » Comentar » Comentários (0)

Polícia conclui que filho matou a própria mãe e colocou o corpo na geladeira

Polícia conclui que filho matou a própria mãe e colocou o corpo na geladeira O crime aconteceu há quase dois meses na zona leste de São Paulo. O corpo de uma mulher, de 46 anos, foi encontrado dentro de uma geladeira. Desde então, o filho dela está foragido.

A polícia só confirmou a autoria do crime, depois de um novo depoimento dado pela namorada do principal suspeito.

Policial recebe em casa a cabeça do marido sequestrado dentro de mochila

Uma policial militar lotada na UPP do Morro de São Carlos, no Rio de Janeiro, encontrou, no início da manhã de ontem, a cabeça do marido dentro da mochila dele, que foi deixada na porta da sua casa, em Realengo. O ex-jogador de futebol João Rodrigo Silva Santos, de 35 anos, havia sido sequestrado por três homens na noite de segunda-feira, quando saía da loja de suplementos alimentares da qual era dono, no mesmo bairro da Zona Oeste.

A Divisão de Homicídios (DH) fez buscas na região atrás dos sequestradores e do restante do corpo da vítima, mas até o fim da noite nada havia sido encontrado. Agentes da especializada já analisam imagens de uma câmera de segurança da loja de João Rodrigo que flagrou o momento em que o comerciante foi levado em seu próprio carro, que também ainda não foi localizado.

"A DH trabalha com várias linhas de investigação: ação de traficantes ou milicianos, vingança por algo que tenha ocorrido no passado da vítima, latrocínio, já que o carro dele foi levado. Mas também não descarta que o fato de ser casado com uma PM possa ter motivado o crime", afirmou o delegado William Pena Jr.

Segundo a polícia, a vítima teve os olhos e a língua arrancados. Vizinhos relataram que a soldado da PM Geísa Silva, de 31 anos, ao abrir a mochila do marido, por volta das 5h30, gritou: "Ai, meu Deus, é o João Rodrigo! É a cabeça do João Rodrigo!". A viúva do ex-jogador de futebol depôs na DH durante mais de cinco horas.

Meia Hora

Palavras-chave: violencia , sequestro

hora do post 08h04min » Comentar » Comentários (0)

Filho mata a mãe e coloca corpo dentro de mala

Filho mata a mãe e coloca corpo dentro de mala Foto: Imagens mostram quando o filho da vítima entra no elevador com a mala

Imagens de câmeras de segurança, divulgadas pela polícia de Santos (SP), mostram o momento em que Carlos Macchione de Sampaio leva a mala onde colocou o corpo da própria mãe morta para a rua. Ele é acusado de ter matado a idosa na casa onde eles moravam.

Segundo as investigações, o crime aconteceu na madrugada deste sábado, 26. Carlos Macchione - que, acordo com relatos de familiares, apresentava distúrbios psicológicos - já está preso.

O vídeo mostra quando o filho entra no elevador com a mala e sai para a frente do prédio. Logo após, Carlos Macchione abre o portão principal do edifício e deixa a mala em frente do prédio. A mala foi encontrada por um morador de rua, que avisou um funcionário do edifício sobre o corpo.

Sobrinho da vítima, Fernando Casali afirmou à polícia que o acusado morava a pouco tempo com a mãe. Ele veio do interior de São Paulo. "Ele estava em Termas de Ibirá. Eu que fui buscar, a pedido da minha tia, há cinco meses", informou Fernando, em entrevista para G1 Santos.

Pai é linchado após assassinar o filho de 5 anos, tentar matar a mulher e outros dois filhos

Um homem de 55 anos foi linchado após ter assassinado o próprio filho de cinco anos. Os crimes ocorreram no bairro São José, em Esteio, região metropolitana de Porto Alegre, na noite de sexta-feira.

Segundo a Polícia Civil, após uma discussão familiar, Valnei Borges assassinou o filho com uma pedra de concreto. Em seguida, tentou matar a mulher e outros dois filhos, além de uma vizinha que também estava na casa.

Na sequência, dois homens que moram nas proximidades entraram na residência e mataram a pauladas o agressos para vingar o assassinato da criança. Os feridos foram levados ao Hospital São Camilo do município.

Segundo o delegado Leonel Baldasso, os dois homens acusados de matar o pai do menino foram presos e conduzidos à Delegacia de Pronto Atendimento, em Canoas. A dupla foi autuada em flagrante e encaminhada ao Presídio Central. O delegado informou que investiga agora a motivação da morte da criança e porque Borges ainda morava com a mulher, já que ela havia solicitado medida protetiva em razão de violência doméstica, ocorrida em junho deste ano.

Terra

Bisavó enterra bebê vivo no quintal de casa

 Bisavó enterra bebê vivo no quintal de casa Reprodução

Uma mulher de 60 anos foi presa no fim da noite de quarta-feira, em Austin, Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, após enterrar vivo o próprio bisneto, no quintal de sua casa. À polícia, Maria da Salete Ramos afirmou que ‘uma voz' do mal em sua cabeça a mandou cometer o crime. Ela foi autuada em flagrante por tentativa de homicídio na 56ª DP (Comendador Soares).

"Ele (o bebê) não parava de chorar. Dei a chupeta, mas não adiantou. Minha filha chegou em casa e começou a falar ao mesmo tempo. Como eu já tinha tomado uma ‘cana', fui ficando zonza e ouvi uma voz dizendo ‘Mata, mata mata!'. Aí, fui até o quintal, peguei uma enxada, cavei um buraco e o botei lá", contou a bisavó à Rede Record.

A mãe da criança, de apenas 14 anos, deu falta do filho ao chegar da escola. Ela foi até o quintal e viu que o terreno estava remexido. Ao puxar parte da terra com a enxada, descobriu um dos braços do filho. Segundo peritos que estiveram no local, o menino só sobreviveu porque a cova em que foi enterrado - e na qual ficou por cerca de 20 minutos - era muito rasa, pois o solo do terreno é muito duro.

Igor Fraga do Nascimento, de apenas um mês de vida, foi retirado do buraco e levado para o hospital. Ele precisou ser reanimado após sofrer parada cardiorrespiratória e permanece internado na UTI pediátrica do Hospital da Posse, também em Nova Iguaçu. Seu estado de saúde é considerado muito grave.

Fonte: www.meiahora.ig.com.br

Bebê de 7 meses é vítima de estupro

Uma menina de 7 meses foi estuprada na cidade boliviana de El Alto, próxima da capital, o que revoltou a população e reavivou a antiga polêmica para endurecer a punição para estupradores.

"Obtivemos o boletim do Hospital da Criança e ficou evidente que houve estupro, o delito está provado", declarou Virginia Aguilar, da Defensoria da Infância da prefeitura de El Alto.

O crime ocorreu na segunda-feira, e o suspeito, identificado como Ronald C.F., de 25 anos, foi detido preventivamente.

"A bebê precisou ser submetida a uma intervenção cirúrgica", informou o hospital, referindo-se a uma operação de reconstrução anal e vaginal.

A população agora exige do governo um debate sobre o endurecimento das medidas contra os autores desse tipo de crime.

No caso de Ronald C.F., ele pode pegar 25 anos de prisão sem direito a indulto.

Traficante estupra e mata sobrinho de 9 anos para se vingar do irmão

Uma vingança contra irmão teria sido o motivo para um tio ter estuprado e matado o sobrinho de 9 anos em Rio Bonito, na baixada litorânea do Rio. Marcelo da Conceição, que também é suspeito de integrar o tráfico de drogas na região, está foragido.

Segundo o delegado Paulo Henrique Pinto, responsável pelo caso, Marcelo foi preso duas vezes por tráfico de drogas. Ele teria prometido vingança à família, que não o visitava na cadeia.

— Quando Marcelo da Conceição esteve preso, o pai da criança, que é irmão do autor, não foi visitá-lo e ele jurou vingança. Quando foi liberado, acredito que, por medo, resolveu praticar a vingança contra a criança.

O corpo do menino foi encontrado seminu com sinais de abuso sexual na tarde de quarta-feira (3). Um menor de 14 anos também foi apontado como suspeito do crime e apreendido pela polícia. Ele afirmou, em depoimento, ter torturado e causado a morte do menino a pedradas. Além disso, ele disse que Marcelo seria membro de uma perigosa quadrilha de traficantes de drogas.

Pedro Lucas Barreto da Conceição foi enterrado na tarde de quinta-feira (4). De acordo com informações da Delegacia de Rio Bonito (119ª DP), policiais foram até a casa de Marcelo em Itaboraí, local onde ele reside, mas não o encontraram.

Na noite de quinta-feira (4), Marcelo teria começado a ameaçar os pais da criança, que tiveram de sumir por causa do medo. Foi realizado um registro de ameaça na delegacia.

A Polícia pede que qualquer notícia sobre o paradeiro de Marcelo seja informada ao Disque Denúncia, pelo número 2253-1177.

Palavras-chave: violência

hora do post 12h22min » Comentar » Comentários (0)

Partida de futebol no Maranhão termina com jogador morto e árbitro esquartejado e cabeça fincada em estaca

Uma partida de futebol chocou o povoado de Centro do Meio, na zona rural da cidade de Pio XII, no Maranhão. A partida, realizada no último domingo, terminou com duas mortes por causa de um lance polêmico, segundo a Polícia Civil.

Durante a partida, Josenir Santos Abreu, 30 anos, teria sido expulso e, insatisfeito com a atitude do árbitro, teria dado início a uma luta corporal. Durante a agressão, o árbitro, Otávio Jordão da Silva, 20 anos, sacou uma faca da cintura e desferiu um golpe no peito do jogador, que foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Diante do ocorrido, jogadores e espectadores da partida se revoltaram com Otávio e o amarraram, dando início a uma série de agressões. Ele foi espancado e apedrejado, morrendo no local. Não satisfeitos, os populares ainda esquartejaram o corpo do árbitro e fincaram a cabeça da vítima em uma estaca.

O delegado regional de Santa Inês, Valter Costa, informou que teve acesso às imagens do crime, registrado por câmeras de celulares. Segundo ele, os autores já haviam sido identificados. “Relatos de testemunhas já indicaram algumas pessoas que estavam no local na hora do fato. Vamos identificar e responsabilizar todos envolvidos. Um crime nunca vai justificar o outro. Ações como essa não colaboram com a legalidade de um estado de direito”, disse.

Um dos suspeitos, Luís Moraes Sousa, foi preso nesta quarta-feira na cidade de Lago Açu. A polícia procura agora outros envolvidos no crime. O caso é investigado pela 7ª Delegacia Regional de Santa Inês.

Publicidade